terça-feira, 17 de abril de 2012

Os Miseráveis




Literatura em minha casa
Victor Hugo    Tradução e adaptação Walcyr Carrasco


Um universo sem fim...

Ligia Cademartori

Os Miseráveis, a narrativa que você vai ler agora, foi publicada, pela primeira vez,

na França, em 1862. Transformou-se logo em grande sucesso. Foi traduzida para diversas

línguas. Percorreu o mundo. É uma história com forte cunho social, mas o enredo, em que

um ex-prisioneiro é perseguido sem tréguas por um inspetor fanático, tem elementos de

trama policial.

Jean Valjean, o herói, foi condenado a trabalho forçado por roubar um pão para a

família faminta. Cumpriu pena. Mesmo assim, para fugir de seu perseguidor e se reabilitar,

precisou trocar de identidade. Sob disfarce, tornou-se um grande empresário. Promoveu o

desenvolvimento da cidade, ajudou a todos que precisavam dele.

Mas Javert, o policial, não desistia de lhe seguir os rastros. Vivia no encalço de

Jean Valjean. Criava espertas armadilhas para que a verdadeira identidade do

ex-condenado fosse revelada. São muitos os episódios dessa história e você ficará à

espera do que a página seguinte poderá trazer.

Ao ler este romance clássico de Victor Hugo, adaptado por Walcyr Carrasco, você

vai conhecer muitas personagens: Fantine, vítima da pobreza e da injustiça; Cosette, filha

dela, que Jean Valjean resgata da miséria; Marius, o jovem idealista que se apaixona por

Cosette; os Thénardier, uma horrorosa família de vigaristas, e muitas outras mais. A

sucessão dos acontecimentos e as difíceis circunstâncias vividas pelas personagens

levantam questões sobre lei, justiça e solidariedade.

Acima de tudo, Os Miseráveis mostram como uma pessoa pode se transformar

graças à ação de outra. No caso, a mudança ocorre quando um homem injustiçado recebe

de alguém compreensão e generosidade. História de fugas, trapaças e armadilhas, esta

também é uma história de amor entre jovens. Aqui são relatados interesses e atitudes

muito mesquinhos, mas também grandes gestos de desprendimento e bondade.

Nota dos editores

Algumas histórias foram tão bem construídas e com tanta qualidade, que o valor

delas foi posto à prova do tempo. Mesmo escritas há séculos, elas se mantêm sempre

atuais e ganham nova vida a cada geração de leitores que tem o prazer de conhecê-las.

Encontramos em obras como Os Miseráveis diversos aspectos da vida cotidiana

das pessoas que viveram em épocas passadas: moda, costumes, dificuldades, valores,

comportamentos, fatos históricos.

Durante a leitura você perceberá que existem algumas notas de rodapé. Elas

foram feitas com o objetivo de explicar um pouco mais o momento em que viveu o autor e,

conseqüentemente, o universo em que este romance foi criado, assim como a atuação de

personagens que influenciaram diretamente o rumo da história francesa e mundial.

Aproveitamos também para lembrar a você que a consulta ao dicionário é

fundamental para uma melhor compreensão de qualquer texto e para o enriquecimento de

seu vocabulário.

Embarque nesta história maravilhosa criada por Victor Hugo e temos certeza de

que você fará uma bela e inesquecível viagem.

"...Os Miseráveis mostram como uma pessoa pode se transformar graças à ação

de outra.

História de fugas, trapaças e armadilhas, esta também é uma história de amor

entre jovens.

Aqui são relatados interesses e atitudes muito mesquinhos, mas também grandes

gestos de desprendimento e bondade."

Ligia Cademartori

LEIA NA BIBLIOTECA  OU EM SUA CASA  E COMENTE - POSTAGEM -

4 comentários:

  1. Eu gostei da aula,do livro e o poema.AMEI OS MISERÁVEIS

    ResponderExcluir
  2. top top top esse livro, quem ler não vai se arrepender !!!!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom esse livro, um dos melhores que já lí.

    Andrey Afonso - 2º Ano 7

    ResponderExcluir