quinta-feira, 28 de outubro de 2010

ARTIGO DE OPINIÃO - Leia

COMO PRODUZIR UM ARTIGO DE OPINIÃO

DICAS





A POLÊMICA É A QUESTÃO

No artigo de opinião não basta abordar acontecimentos que são notícias. É fundamental reconhecer questões polêmicas que geram discussão, controvérsia, diferentes pontos de vista e afetam a comunidade. A questão polémica deve ficar clara para o leitor.

O objetivo de um artigo de opinião é convencer o leitor da posição assumida pelo autor a respeito de determinada questão.



ARGUMENTOS CONVINCENTES



Os argumentos do autor precisam ser pertinentes e convincentes, evidenciando o lado em que ele se situa. E ao mesmo tempo antecipar e contestar os argumentos do oponente, desmontando-os. Só assim o autor pode ter a expectativa de sensibilizar e conquistar a adesão do leitor para o seu posicionamento, objetivo primeiro do texto de opinião.



O QUE NÃO DEVE FALTAR



Ao escrever um artigo de opinião é imprescindível:



  • um tema passível de debate, ou seja, que pode ser submetido a questionamentos;
  • uma ideia a ser defendida pelo autor;
  • proposições que justifiquem ou refutem essa ideia ( por meio de evidências, justificativas, contra-argumentações ) apresentadas de forma articulada;
  • um antagonista ( uma pessoa ou um grupo de pessoas que duvidem da afirmação, contradizendo-a ou apresentando resistências);
  • o uso de recursos linguísticos próprios do gênero.







Não esqueça de um dicionário na hora da leitura.

21 comentários:

  1. A discussão sobre a divisão do Ibama e a criação do Instituto Chico Mendes merece que sejam lembrados alguns fatos. Para começar, nos últimos 10 anos ouvimos falar diversas vezes de re-estruturação do IBAMA e do MMA, tentativas essas sempre abortadas por interesses corporativistas ou politiqueiros.

    Segundo, o Ibama, sucessor do IBDF, Sudepe, etc., na verdade sempre foi um grande cartório dos madeireiros, especializado em autorizar exploração e transporte de árvores de florestas nativas e até bem pouco tempo, de exóticas também

    ResponderExcluir
  2. É péssima a atitude que grande parte da população desempenha no que diz respeito à preservação do meio ambiente, á que inúmeros desastres ecológicos acontecem debaixo de seus narizes e ninguém faz nada para que isso acabe, só ficam reclamando que o ar está poluído e ainda sim continuam queimando e queimando mais e mais à cada dia. Não é preciso ser perito em ecologia para perceber que o mundo está se destruindo, temos como exemplos fortíssimos os desastres naturais que vêm ocorrendo em nosso planeta:
    O derretimento das geleiras, efeito estufa, a temperatura da terra cada dia aumentando mais, entre outros fatores visíveis em nossos dias. Será isso um acaso do destino, ou uma resposta da natureza ? Acho que se refletirmos bem, conseguiríamos obter a resposta, não é mesmo?
    Enquanto nós apenas interessados em encher nosso ego procurando mais e mais progresso, o tempo se vai e as coisas só pioram à cada dia, afinal de contas, aonde foi parar o desenvolvimento sustentável, tão prometido nas campanhas eleitorais?
    Não podemos ficar parados ante a uma situação tão grave quanto essa. Acredito que podem andar de mãos dadas, a natureza e o progresso, basta apenas que queiramos isso. Basta apenas que nós seres racionais, ou não, nos conscientizemos de que aqui é o nosso lugar e se destruirmos, apenas não teremos chão para pisar.

    Matheus Nascimento 1º20

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. A educação é a passagem natural para a vida adulta. Temos que tê-la dentro de casa desde cedo para que isso nos traga uma boa vida no futuro. Muitos adolescentes passam o dia todo em casa sentados no sofá assistindo televisão, ou mesmo no computador e ainda reclamam da vida, não respeitam os próprios pais e o que é pior, afirmam que os pais é que não prestam.
    Hoje em dia devemos prestar atenção em tudo à nossa volta, por exemplo: Nas novelas atuais, só ensina os jovens desde cedo, à sair de casa e serem rebeldes, vídeos-game e outros tipos de jogos violentos incentivam as crianças e adolescentes à se tornarem rebeldes e violentos contra as pessoas, e até mesmo contra os pais, mas mesmo assim os pais acabam encobrindo isso e tornando mais fácil o acesso das crianças à esse tipo de mau educação, por assim dizer.
    O que teria no fim de sua vida uma pessoa que vive nestas condições desde pequeno? Coisa boa é que não é! Como vão encarar o futuro, com trabalho e contas à pagar sem o apoio de seus pais? Enquanto estamos dentro da casa de nossos pais sendo sustentados por eles, a vida pode ser mole, mas, quando tivermos vivendo por nossa própria conta, saberemos realmente que a vida não é fácil.

    Valdenilson Souza 1º20

    ResponderExcluir
  5. Os problemas sociais são constantes numa sociedade, pois nem todo mundo concorda com todo mundo, o homem começou a pensar, a debater uns com os outros. Os problemas sociais virão, pois pessoas que gostam dos mesmos costumes ficam unidos, essas pessoas se relacionarão mais fácil, porque gostam das mesmas coisa, praticam os mesmos hábitos.
    Pessoas com diferentes hábitos, com diferentes gostos, ficarão mais difíceis de se relacionarem. Cada pessoa tem seu espaço, cada grupo de pessoas com mesmos hábitos tem suas leis.
    Tem a questão do racismo, que dificulta o convívio, o agrupamento social. Pessoas que ganham alta renda salarial, outras não tão alta. Então, isso gera uma desigualdade social mundial, onde pessoas que nascem do mesmo jeito, morrem do mesmo jeito, se tornam desiguais por conta deles próprios.
    Pessoas de diferentes "tribos"( rock, reggae, punk...), não respeitam o espaço de outras "tribos", ocasionando conflitos sociais, problemas sociais. Cada "tribo" tem sua cultura, se não existice cultura, provavelmente não existiria "tribos", pois não teriam diferentes culturas numa mesma sociedade.

    Marla F. Gamalho 1°20

    ResponderExcluir
  6. SOCIEDADE
    A sociedade hoje esta deixando tudo de lado, não esta fazendo valer apena a sua democracia.
    Ela esta se submetendo ao governo, pois hoje a sociedade vive em calamidade, vamos como assim dizer que ela se desleixo.

    Madson 1º20

    ResponderExcluir
  7. HOJE,NO BRASIL FALADO ACONTECIMENTOS NO BULLYIN-TRANSTORNO ESCOLAR?

    O bullying começo a ser pesquisado na Europa durante década de 90,quando Noruega descobriram o que estava resultando nas inúmeras tentativas de suicídio entre os adolescentes.A partir de então,foram realizadas inúmeras pesquisas e campanhas para reduzir os casos de comportamento
    agressivos nas escolas.
    DUARANTE O desenvolvimento,as crianças e adolescentes atravessam fases de insegurança e frutações e podem reagir demonstrando certa agressividade. O termo bullying surgiu na Noruega,na década de 80,e é originário da palavra inglesa bully,
    que quer dizer ameaçar,intimidar,amedrontar,
    tiranizar,oprimir,maltratar.O primeiro a relacionar a palavra ao fenômeno foi Dan OLWEUS,
    professor da Universidade da Noruega.
    AO pesquisar as tendências suicidas entre
    adolescentes,OLWEUS descobriu que a maioria desses jovens tinha sofrido algum tipo de ameaça e que,portanto,bullying era um mal combater.
    Embora a denominação seja recente, o fenômeno é mais antigo que a própria escola e se repete continuamente em todo o mundo. Não é restrito a uma instituição específica. Pode ocorrer em escolas de todo o tipo: primárias, secundárias, rurais, públicas ou privadas. Onde há uma criança ou um jovem sofrendo qualquer tipo de pressão psicológica, atitude agressiva intencional e repetida, sem motivação evidente, o fenômeno está presente e precisa ser tratado com a seriedade que merece.
    O bullying é um comportamento que é recorrente e causa baixa auto-estima e insegurança em seus atores. Normalmente existem três tipos de envolvidos em uma situação de violência moral: o expectador, a vítima e o agressor.


    Nome:Joana Rafaela Souza Barboza n:18
    Professora:Sônia Santos
    Séria:1°23

    ResponderExcluir
  8. Bom, já que o assunto é o Brasil de hoje, falarei sobre um tema que foi muito abordado a algumas semanas em todas as mídias de comunicação brasileira e mundial, que foi a Eleição de Dilma Roussef, eleita a primeira mulher presidente do Brasil, e uma parte que poucos não tiveram conhecimento geral, foi a provável implantação do socialismo, vamos lá.

    Com a eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República do Brasil, ninguém mais poderá duvidar do sucesso já alcançado pelos que planejaram, na fundação do Foro de São Paulo em 1990, a implantação do socialismo em toda a América Latina e Caribe.

    Esse regime já está presente na quase totalidade dos países objeto desse planejamento, e com a incontestável comprovação de ser um regime fracassado em todos onde foi implantado, motivo pelo qual, penso que a insistência por sua implantação no Brasil é fruto da ignorância de nossos líderes políticos e da grande maioria da população brasileira que os elege.

    Ignorância destes e esperteza dos radicais socialistas e ex-guerrilheiros que atualmente os manipulam, como José Dirceu, que, mesmo afastado da Casa Civil por suspeita de comandar o chamado "mensalão do PT", continua conduzindo a esquerda do país para o caminho sem volta do socialismo.

    De forma silenciosa, com políticas assistencialistas, literalmente paternalistas, como as diversas "bolsas e vales", está ocorrendo no Brasil a implantação desse regime cujo fracasso foi recentemente reconhecido pelo próprio Fidel Castro, heroi de todos esses radicais, ao declarar que o socialismo já não era um bom regime para Cuba, depois de mais de cinquenta anos no poder e da destruição total de seu país.

    O radicalismo ideológico é o único motivo que, creio, leva esses dirigentes a não perceber a impossibilidade de qualquer país sobreviver com sua população totalmente dependente do Estado, pois, certamente, para qualquer dono ou dona de casa, esse raciocínio é matemático. Todos os trabalhadores brasileiros, ou de qualquer outra nacionalidade, sabem que não se pode gastar mais do que se ganha.

    Atualmente, os poucos e felizes brasileiros que conseguem concluir um curso universitário, qualquer que seja, já saem da faculdade sonhando em passar em algum tipo de concurso e se tornar um funcionário público. Além de aumentar cada vez mais a máquina pública, o governo fornece vale gás, bolsa escola, bolsa família, e até auxílio reclusão, premiando marginais julgados e condenados com um salário maior do que o salário mínimo vigente no país, fazendo com que essa grande massa, com medo de perder essas benesses, continue elegendo esses que hoje lá estão, os socialistas, tornando esse ciclo interminável onde quer que tenha sido implantado.

    Esses milhões de funcionários públicos concursados e aqueles que recebem os "vales e bolsas" vão inchando de tal forma a máquina pública, que, como bem sabe a dona de casa que se excede na aquisição de doces, brinquedos, e outros desejos dos filhos, antes do fim do mês percebe que falta o dinheiro para o principal, o arroz e o feijão.

    Isso nitidamente já é observado no país ao se notar as filas nos hospitais, a insuficiência e a péssima qualidade das escolas públicas existentes, as rodovias, portos e aeroportos em péssimas condições e sem capacidade de escoar e, por isso, elevando os custos de nossa produção destinada às exportações, grande fonte de renda do governo.

    Esse, fundamentalmente, é o motivo do fracasso do socialismo onde quer que tenha sido implantado. O Estado é o "paizão", o grande provedor e todos são seus dependentes, motivo pelo qual não sobram recursos para investimentos em infraestrutura que promovam o desenvolvimento, e todos ficam na miséria.

    Assim como o pai que tudo dá aos filhos, o país socialista também não suporta e vai à falência, e, então, tardiamente, perceberão o mal que fizeram a seus filhos, que os de ambos estarão despreparados para viver em um mundo globalizado e competitivo, o mundo capitalista.

    Por: Matheus Andrei 1º20
    Para: Profª Sônia Santos

    ResponderExcluir
  9. Bom, já que o assunto é o Brasil de hoje, falarei sobre um tema que foi muito abordado a algumas semanas em todas as mídias de comunicação brasileira e mundial, que foi a Eleição de Dilma Roussef, eleita a primeira mulher presidente do Brasil, e uma parte que poucos não tiveram conhecimento geral, foi a provável implantação do socialismo, vamos lá.

    Com a eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República do Brasil, ninguém mais poderá duvidar do sucesso já alcançado pelos que planejaram, na fundação do Foro de São Paulo em 1990, a implantação do socialismo em toda a América Latina e Caribe.

    Esse regime já está presente na quase totalidade dos países objeto desse planejamento, e com a incontestável comprovação de ser um regime fracassado em todos onde foi implantado, motivo pelo qual, penso que a insistência por sua implantação no Brasil é fruto da ignorância de nossos líderes políticos e da grande maioria da população brasileira que os elege.

    Ignorância destes e esperteza dos radicais socialistas e ex-guerrilheiros que atualmente os manipulam, como José Dirceu, que, mesmo afastado da Casa Civil por suspeita de comandar o chamado "mensalão do PT", continua conduzindo a esquerda do país para o caminho sem volta do socialismo.

    De forma silenciosa, com políticas assistencialistas, literalmente paternalistas, como as diversas "bolsas e vales", está ocorrendo no Brasil a implantação desse regime cujo fracasso foi recentemente reconhecido pelo próprio Fidel Castro, heroi de todos esses radicais, ao declarar que o socialismo já não era um bom regime para Cuba, depois de mais de cinquenta anos no poder e da destruição total de seu país.

    O radicalismo ideológico é o único motivo que, creio, leva esses dirigentes a não perceber a impossibilidade de qualquer país sobreviver com sua população totalmente dependente do Estado, pois, certamente, para qualquer dono ou dona de casa, esse raciocínio é matemático. Todos os trabalhadores brasileiros, ou de qualquer outra nacionalidade, sabem que não se pode gastar mais do que se ganha.

    Atualmente, os poucos e felizes brasileiros que conseguem concluir um curso universitário, qualquer que seja, já saem da faculdade sonhando em passar em algum tipo de concurso e se tornar um funcionário público. Além de aumentar cada vez mais a máquina pública, o governo fornece vale gás, bolsa escola, bolsa família, e até auxílio reclusão, premiando marginais julgados e condenados com um salário maior do que o salário mínimo vigente no país, fazendo com que essa grande massa, com medo de perder essas benesses, continue elegendo esses que hoje lá estão, os socialistas, tornando esse ciclo interminável onde quer que tenha sido implantado.

    Esses milhões de funcionários públicos concursados e aqueles que recebem os "vales e bolsas" vão inchando de tal forma a máquina pública, que, como bem sabe a dona de casa que se excede na aquisição de doces, brinquedos, e outros desejos dos filhos, antes do fim do mês percebe que falta o dinheiro para o principal, o arroz e o feijão.

    Isso nitidamente já é observado no país ao se notar as filas nos hospitais, a insuficiência e a péssima qualidade das escolas públicas existentes, as rodovias, portos e aeroportos em péssimas condições e sem capacidade de escoar e, por isso, elevando os custos de nossa produção destinada às exportações, grande fonte de renda do governo.

    Esse, fundamentalmente, é o motivo do fracasso do socialismo onde quer que tenha sido implantado. O Estado é o "paizão", o grande provedor e todos são seus dependentes, motivo pelo qual não sobram recursos para investimentos em infraestrutura que promovam o desenvolvimento, e todos ficam na miséria.

    Assim como o pai que tudo dá aos filhos, o país socialista também não suporta e vai à falência, e, então, tardiamente, perceberão o mal que fizeram a seus filhos, que os de ambos estarão despreparados para viver em um mundo globalizado e competitivo, o mundo capitalista.

    Por: Matheus Andrei 1º20
    Para: Profª Sônia Santos

    ResponderExcluir
  10. Bom, já que o assunto é o Brasil de hoje, falarei sobre um tema que foi muito abordado a algumas semanas em todas as mídias de comunicação brasileira e mundial, que foi a Eleição de Dilma Rousseff, eleita a primeira mulher presidente do Brasil, e uma parte que poucos não tiveram conhecimento geral, foi a provável implantação do socialismo, vamos lá.

    Com a eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República do Brasil, ninguém mais poderá duvidar do sucesso já alcançado pelos que planejaram, na fundação do Foro de São Paulo em 1990, a implantação do socialismo em toda a América Latina e Caribe.

    Esse regime já está presente na quase totalidade dos países objeto desse planejamento, e com a incontestável comprovação de ser um regime fracassado em todos onde foi implantado, motivo pelo qual, penso que a insistência por sua implantação no Brasil é fruto da ignorância de nossos líderes políticos e da grande maioria da população brasileira que os elege.

    Ignorância destes e esperteza dos radicais socialistas e ex-guerrilheiros que atualmente os manipulam, como José Dirceu, que, mesmo afastado da Casa Civil por suspeita de comandar o chamado "mensalão do PT", continua conduzindo a esquerda do país para o caminho sem volta do socialismo.

    De forma silenciosa, com políticas assistencialistas, literalmente paternalistas, como as diversas "bolsas e vales", está ocorrendo no Brasil a implantação desse regime cujo fracasso foi recentemente reconhecido pelo próprio Fidel Castro, heroi de todos esses radicais, ao declarar que o socialismo já não era um bom regime para Cuba, depois de mais de cinquenta anos no poder e da destruição total de seu país.

    O radicalismo ideológico é o único motivo que, creio, leva esses dirigentes a não perceber a impossibilidade de qualquer país sobreviver com sua população totalmente dependente do Estado, pois, certamente, para qualquer dono ou dona de casa, esse raciocínio é matemático. Todos os trabalhadores brasileiros, ou de qualquer outra nacionalidade, sabem que não se pode gastar mais do que se ganha.

    Atualmente, os poucos e felizes brasileiros que conseguem concluir um curso universitário, qualquer que seja, já saem da faculdade sonhando em passar em algum tipo de concurso e se tornar um funcionário público. Além de aumentar cada vez mais a máquina pública, o governo fornece vale gás, bolsa escola, bolsa família, e até auxílio reclusão, premiando marginais julgados e condenados com um salário maior do que o salário mínimo vigente no país, fazendo com que essa grande massa, com medo de perder essas benesses, continue elegendo esses que hoje lá estão, os socialistas, tornando esse ciclo interminável onde quer que tenha sido implantado.

    Esses milhões de funcionários públicos concursados e aqueles que recebem os "vales e bolsas" vão inchando de tal forma a máquina pública, que, como bem sabe a dona de casa que se excede na aquisição de doces, brinquedos, e outros desejos dos filhos, antes do fim do mês percebe que falta o dinheiro para o principal, o arroz e o feijão.

    Isso nitidamente já é observado no país ao se notar as filas nos hospitais, a insuficiência e a péssima qualidade das escolas públicas existentes, as rodovias, portos e aeroportos em péssimas condições e sem capacidade de escoar e, por isso, elevando os custos de nossa produção destinada às exportações, grande fonte de renda do governo.

    Esse, fundamentalmente, é o motivo do fracasso do socialismo onde quer que tenha sido implantado. O Estado é o "paizão", o grande provedor e todos são seus dependentes, motivo pelo qual não sobram recursos para investimentos em infraestrutura que promovam o desenvolvimento, e todos ficam na miséria.

    Assim como o pai que tudo dá aos filhos, o país socialista também não suporta e vai à falência, e, então, tardiamente, perceberão o mal que fizeram a seus filhos, que os de ambos estarão despreparados para viver em um mundo globalizado e competitivo, o mundo capitalista.

    ResponderExcluir
  11. No brasil hoje em dia ocorre muitos preconceitos entre as pessoas como:Jovens, crianças e adultos.
    Vou falar sobre um desses preconceito, que é o RACISMO.O racismo ele ocorre em determinados lugares,por exemplo: Na rua, no trabalho e na escola principalmente, na escola ocorre muitos casos de racismo, tem alunos que não querem sentar ao lado de uma pessoa negra, ou de conversar com ela ou ele, será que é só por causa da cor da pele? Provavelmente sim!
    Tem pessoas que tem tanto preconceito que passam á humilhar uma pessoa negra. Será que essas pessoas não pecebem que elas também são seres humanos? elas também tem sentimentos como nós, só por causa da cor da pele, isso não faz nehuma diferença. Tem crianças que não vão a escola para não ser humilhadas como eram. Mas ela vão ficar assim por resto da vida delas? Devemos tomar uma decisão nesta situação tão grave. Nós devemos amar uns aos outros, e não humilha-las, se nós maltratamos uma pessoa, nós também estamos nos maltratamos, porque elas não são nenhum tipo de monstro, são seres humanos como todos nós.

    Matheus Azevedo Carvalhedo 1°20

    ResponderExcluir
  12. Drogas!!!

    As drogas sempre é um assunto polêmico prevalecido na sociedade atual.As drogas atinge as pessoas de todas as idades,principalmentes os juvens.
    Certamente os jovens usam entorpecentes porque alguns não tem conhecimentos no perigo que as drogas tem ou até mesmo porque usam só por curtição.Os entorpecentes são um desastre na sociedade,pois muitas vezes essas drogas acabam com a vida das pessoas e impede os planos de vida que esse ser humano planejou!!!!!!!!!
    Nome:Ingrid Guimarães N°13
    série:1°23 turno:tarde

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. - Giria.

    O que é gíria? Pra mim gíria é um tipo de linguagem empregada em um determinado grupo social, mas que pode se estender à sociedade em razão do grau de aceitação.

    Portanto, a gíria pode ficar restrita ou pode se tornar pública. Trata-se de um fato social obtido através da língua e, por este motivo, é definido como fenômeno linguístico e compreende:
    -Gíria de grupo – É restrita às pessoas do grupo, pois só elas são capazes de decifrar o que está sendo dito; código entre seus membros; meio de identificação própria, peculiar; expressão de sentimentos de restrição relativos à sociedade; representa uma escolha social.
    -Gíria comum – É aquela que tomou proporções maiores e atingiu a população; ocasiona vínculo com os demais, a fim de se formar uma identidade nacional; rompe com a formalidade; expressão de sentimentos de frustração, felicidade, concordância e discordância.

    * Alguns tipos de gírias comuns:
    “Abrir o jogo”- contar a verdade
    “Baixar a bola” – acalmar
    “Arregaçar as mangas” – dar início a um trabalho
    “paty” ou “patricinha” – rica, bem-vestida, mulher fresca
    “baranga”, “tribufu” – mulher feia
    “playboy” ou “mauricinho” – garoto rico ou que quer aparentar que é
    “bater na mesma tecla” – insistir
    “bater boca” – brigar, discutir
    “com a faca e o queijo na mão” – com tudo para resolver um problema
    “dar com a língua nos dentes” – fofocar, contar um segredo
    “fazer vista grossa” – fingir que não viu algo importante, negligenciar
    “Mudar da água para o vinho” – mudar radicalmente para melhor

    Sara Ramos ( N=25 ) 1° '21'

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  16. Muitas pessoas afirmam que “ler dá sono”, você acredita nessa mentira? De tanto se falar e de se ouvir parece até mesmo que é verdade, mas não é!
    A leitura não tem capacidade de provocar sono. O que acontece é que a pessoa já está propensa a querer dormir ou já está sonolenta quando começa a ler.
    Há alguns indivíduos que quando vão ler, já procuram uma forma de se acomodar para um possível “cochilo”: leem deitadas, apoiadas em travesseiros macios. Também é muito comum visualizar pessoas lendo depois do almoço e antes de dormir, justamente nos horários em que o sono virá com ou sem as páginas escritas do livro. A leitura deve ser feita em um ambiente agradável e não confortável!
    O modo como se lê também causa monotonia e cansaço nas vistas. Pausar a leitura constantemente, ficar fazendo menção de leitura com os lábios ou ruídos baixos com a garganta embalam o sono. Falta de atenção é outro fator chave que desestimula, pois vez ou outra o leitor precisa voltar em parágrafos já lidos!
    Durante a vida não aprendemos a ler livros, aprendemos a ler parágrafos, capítulos e no máximo algumas páginas.
    Alguns poucos passam horas lendo, enquanto a maioria suspira: Como gostaria de ler assim!
    Sim, podemos dizer que não gostamos, que dá sono, que não precisa de tanto. Mas quando vemos alguém próximo a nós, lendo horas sem parar, pensamos porque não temos a mesma capacidade!
    Mas a temos, o problema é que não usufruímos dela! Ler é uma decisão! Você já parou para pensar o que precisa para ler mais, para ler melhor? Um lugar diferente? Ler em voz alta? Explicar a alguém o que leu? Resolva isto primeiro: leia em um ambiente e horário que você não vá ter tendência ao sono! Comece com leituras mais breves, livros com poucas páginas e vá aumentando aos poucos e, com isso, acostumando a ler de modo diferente do que aprendeu!
    Não desista na primeira palavra estranha e esteja com um dicionário ao lado, afinal, como dizem: ninguém nasceu sabendo!

    Jessica Lorrana N:14 1° '21'

    ResponderExcluir
  17. A Pedofilia

    A pedofilia(também chamada de paedophilia erotica ou pedosexualidade)é a perversão sexual,na qual a atração sexual de um indivíduo adulto ou adolescente está dirigida primariamente para crianças pré- púberes.
    Segundo o critério da OMS,adolescentes de 16 ou 17 anos também podem ser classificados como pedófilos,se ele tiverem uma preferência sexual persistente ou predominante por crianças pré-púberes pelo menos cinco anos mais novas do que eles.
    A lei brasileira não possui o tipo penal pedofilia entretanto com a pena de oito a quinze anos de reclusão e considerados crimes hediondos.
    A pedofilia, atualmente, é definida simultaneamente como doença, distúrbio psicológico e desvio sexual (ou parafilia) pela Organização Mundial de Saúde. Nos manuais de classificação dos transtornos mentais e de comportamento encontramos essa categoria diagnóstica.
    Nome: Ângela Cristina N°:06
    Serie:1°23 turno: tarde

    ResponderExcluir
  18. AQUECIMENTO GLOBAL UMA QUESTÃO SOCIAL.
    O aumento nas temperaturas globais pode, causar alterações,como o aumento no nível do mar, mudanças em padrões de resultando em enchentes e secas. Espera-se que o aquecimento seja mais intenso no Ártico, e estaria associado ao recuo das geleiras. Outros efeitos prováveis incluem alterações na frequência e intensidade de eventos, extinção de espécies e variações na produção agrícola. O aquecimento e as suas consequências variarão de região para região, apesar da natureza destas variações regionais ser incerta. Outra ocorrência global com o aquecimento global que já se prevê continuar no futuro, é a acidificação oceânica, que é também resultado do aumento contemporâneo da concentração de dióxido de carbono atmosférico.
    Essas ameaças chegariam até o Brasil de diversas formas, com cidades litorâneas sendo bem atingidas pela elevação do nível do mar e com grande parte da Amazônia se transformando em cerrado. As mudanças globais em relação aos efeitos regionais precisam ser mais detalhadas.
    Pode-se dizer que do jeito em que está não vai dar para continuar. A grande saída é agir de forma diferente, modificando o ambiente e criando novos hábitos e novas tecnologia. É preciso ter novas formas de economia. Uma economia onde as empresas busquem um desenvolvimento sustentavel que possibilite um crescimento e uma qualidade de vida melhor. Não é só substituir combustíveis fósseis por outro mais limpo como o etanol. É ir além. È crescer de forma sustentavel e limpa em todos os setores.
    TODOS AJUDANDO O MEIO AMBIENTE PARA MELHORAR A QUALIDADE DE VIDA.


    NOME: Mykaelly Silva N°34
    SÉRIE:1°23

    ResponderExcluir
  19. A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO

    As críticas ao nível de criminosos no nosso país, se tornou algo do dia-a-dia das pessoas, a culpa dessa situação é destinada ao governo, e as autoridades maiores.
    Mas a verdade é que, a raiz do problema está na falta de bons costumes e ensinamentos, ou seja, os pais também possuem sua parcela de culpa, na formação desses marginais, quem sabe se a família desse limites à essas pessoas desde a infância, e ensinassem desde ainda crianças como se tornarem bons adultos, hoje talvez não tivéssemos tantos presídios lotados, com isso pode-se perceber a extrema importância da educação no combate a criminalidade, e é como diz o velho ditado “educação começa em casa”.
    Com a ajuda de todos, podemos mudar essa situação, mas, para isso é preciso, a consciência e a colaboração de cada um, na formação de pessoas melhores.

    Davi Medeiros n°06 ano2°9 manhã

    ResponderExcluir
  20. ''DESORDEM'' É condenável a atitude que grande parte da sociedade desempenha no que diz respeito à preservação do meio ambiente. Apesar dos inúmeros desastres ecológicos que ocorrem com demasiada freqüência, a população continua “cega” e o pior é que essa cegueira é por opção.
    Não sou especialista no assunto, mas não é preciso que o seja para perceber que o Planeta não anda bem. Tsunamis, terremotos, derretimento de geleiras, entre outros fenômenos, assustam a população terrestre, principalmente nos países desenvolvidos – maiores poluidores do Planeta – seria isso mera coincidência? Ou talvez a mais clara resposta da natureza contra o descaso com o futuro da Terra? Acredito na segunda opção.



    Nome:Lucas Da Silva Cardoso N°:35
    Serie:1°24 turno: tarde

    ResponderExcluir
  21. Infelizmente o racismo ainda é uma abtusa realidade,"para a lei somos todos iguais", porém nem todos os homens acham isso, crêem ser melhores que outras raças, e a que é maior alvo do preconceito é a negra, o que chega a ser irrisório tratando-se do Brasil, onde o maior parte da população é negra ou descende da mesma.
    É necessário lembrar que desde os primórdios de história brasileira os negros estão presentes, de forma completamente submissa e desprezada, construíram muito de nosso país, e ainda carregam marcas de um brutal regime escravista: permanece até os dias de hoje em classes sociais menores que as brancas. É preciso um governo que saiba melhorar o problema da desigualdade social.
    Um alto investimento na educação é de capital importância para impelir o desenvolvimento do negro brasileiro, proporcionar uma educação de qualidade ajudará na inclusão social e no alcance de posições sociais altas, tais como os brancos. Num país tão misciginado não deveria existir um sentimento de natureza tétrica e mesquinha.
    O estereotipode que o negro não tem competência para assumir altas posições é mais uma irrônea concepção. É da alçada de todos denunciar o racismo e colaborar para um crescimento de toda a nação semolhar a cor, ver em outrem um ser humano que tambem merece respeitoe fazer do Brasil realmente um país de todos.

    Harumi Kobayashi #37
    1° 23

    ResponderExcluir